quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Hulk e Sapunaru em prisão preventiva.

Depois de ter sido humilhado pelos tribunais no caso do Apito Final Dourado, o Presidente da Comissão Disciplinar da Liga volta à “justiça pelas próprias mãos”, agora contra os jogadores do FCPorto. Mais uma vez se chega à conclusão que Ricardo Costa é um putativo juiz frustrado. Agora vem punir dois jogadores com mês e meio de suspensão sem se quer ter existido uma averiguação dos factos ou a audição dos jogadores. Aquilo que me quer parecer é que aquele putativo juiz queria, à força, aplicar uma vez na vida a medida de coacção de Prisão Preventiva. Só que se “esqueceu” que o primeiro passo para a aplicação de uma medida de coacção é o interrogatório do arguido e que, sem isso, o Estado de Direito Democrático não faz sentido. Mas isso, ele não quer saber. Até ser humilhado novamente pelos tribunais.

PS: Consegui não falar no Benfica e na saga justiceira do seu Presidente (irregularmente eleito).

PS2: Tinha pronto um post a prestar homenagem ao Benfica, mas já não o publico.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Já não há factor surpresa, ou o valor de um inquérito.

Saíu-nos na rifa novamente uma equipa inglesa. Novamente o Arsenal. A ideia de que o FCPorto poderá vir a ser uma boa surpresa já não cola. O FCPorto já não surpreende ninguém. É um dos grandes da Europa. Ponto final. Cada vitória na Liga dos Campeões surge com naturalidade. Só não vê quem não quer. Foi isso que os adeptos do Real Madrid quiseram dizer quando elegeram o FCPorto como equipa menos desejada para a próxima eliminatória. Se dúvidas houvessem, um jornalista inglês desfê-las hoje ao perguntar ao representante do Arsenal o que é que achava do sorteio ao ter-lhe calhado a equipa mais temida pelo Real Madrid.
-
PS: Parece que o Benfica vai jogar novamente com o último classificado da Bundesliga. Mais um confronto de titãs.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Mário Kardec.

Parece que vem um novo Jardel para o Benfica. Kardec. Substituindo o K e C pelo J e pelo L, fica igualzinho. Até aí tudo bem.
-
Agora o que me faz um bocado confusão é a satisfação que o nome Jardel trás aos jornais e adeptos benfiquistas. Se bem me lembro - como dizia o outro - o Jardel nos anos em que esteve em Portugal não foi propriamente simpático para o clube da Luz.
-
Puxando bem pela memória, ainda me lembro do último Benfica vs Porto a que assisti ao vivo. Que bela noite de Inverno! Ali mesmo junto à linha de fundo, atrás da baliza de Michel Preud'homme, no buraco onde punham os "cartão jovem", mesmo ao lado dos Diabos Vermelhos (já se legalizaram? ainda existem?). Atrás da câmara que mostra o melhor golo de Jardel em Portugal em toda a sua plenitude. Recebe a bola no peito, vinda de Edmilson. Enquanto a bola vai e vem, olha para a colocação de Michel Preud'homme e chuta na minha direcção. A rede estava lá para a amparar. Golo. 0-1. Foi a última vez que gritei golo na Luz. Quando o bicho fez o 1-2 achei por bem refrear os ânimos.
-
Nunca mais vi um Benfica vs Porto ao vivo. Desta vez, embuído pelo espírito de Natal ainda pensei duas vezes. Nãa! Muito caro e parece que era só para sócios.
-
Mais uma memória (golo aos 0,40m; repetição aos 0,55m).

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Um clássico de Natal ou como quase só dependemos de nós para sermos campeões de Natal!

No próximo domingo temos um clássico. Um clássico de Natal muito especial. Um clássico em que os reis magos vão tirar a prenda ao menino Jesus.
-
Este título e o da Taça da Liga foram os únicos que não conseguimos na época passada. Quem não se lembra das capas de Natal da Bola a festejar o título. Ah, que horror...Foi por uma unha negra. Lembro-me bem daquele glorioso Nacional - Benfica (recordar aqui). Tivessemos ganho na véspera no Dragão ao Marítimo e tinhamos conseguido virar o ano em primeiro. Tem que ser desta. Não vamos permitir que o Benfica consiga mais um título de Natal.
-
Quem vão ser os reis magos? Este clássico permite mais do que três.
-
Vote aqui ao lado.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Pinto da Costa absolvido. Parte 2.

O Tribunal da Relação do Porto decidiu ilibar definitivamente o presidente do F. C. Porto no "Caso do Envelope", recusando dar provimento a um recurso do Ministério Público contra a absolvição decidida pelo Tribunal de Gaia.
-
Mais uma vez pergunto: Para quando decisão sobre o Apito Encarnado? Quem é que vai pagar os custos desta palhaçada? Não será melhor a Liga, a Federação e o clube do Alto dos Moínhos criarem uma nova conta nos Orçamentos para 2010: Pagamento de indemnização ao FCPorto?

De Rabat Ajax a Rabat Madjer: Parte 1.

Continuando com as memórias.

Já mais velhinho, acompanhei a conquista da Taça dos Campeões Europeus de 87. Lembro-me de ouvir o relato da vitória sobre o Rabat Ajax. Do acompanhamento televisivo, lembro-me de ir a correr para casa depois das aulas para ver o Brondby 1 - Porto 1. Ficam aqui as imagens (a partir dos 3m do vídeo. O golo do Juary é aos 5,10m).

Atchim!

Primeiro Hulk, depois Rolando, agora Valeri. Desde que a equipa não gripe e continue a carburar, está tudo bem.

Santinho!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Platini, mon enemi!


O arauto da verdade desportiva europeia, que há dois anos se aliou ao arauto da verdade desportiva portuguesa para afastar o FCPorto da Liga dos Campeões, vem agora dizer que o FCPorto não é batoteiro. Um pedido de desculpas formal não seria oportuno? E aqueles que queriam entrar na maior competição de clubes do mundo pela porta do cavalo não têm que ser castigados?

PS: Se no Euro 2000, o fiscal de linha não assinalasse a mão de Abel Xavier qual seria a reacção da UEFA?

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Cristiano Ronaldo dá show de bola.*

A TVI descobriu que o FCPorto não marcava tantos golos fora para as competições europeias há já 15 anos. Está a referir-se provavelmente aos 5 de Bremen sem resposta que nos garantiu as meias finas da Liga dos Campeões em 94. Nós portistas somos exigentes, mas também somos realistas. Desde há 15 anos o FCPorto terá falhado uma ou duas vezes a participação na Liga dos Campeões (uma delas foi propositada para vencer a Taça UEFA). O que é o mesmo que dizer que o FCPorto nos últimos 15 anos defrontou todos os colossos europeus, alguns mais do que uma vez – assim de memória, Real Madrid, Bayern de Munique, Inter Milão, Milão, Juventus, Chelsea, Liverpool, Manchester United, Barcelona, Arsenal e, se os quisermos considerar como colossos, pelo menos financeiramente, o Lyon, o Marselha, o Shalke 04, etc. Talvez seja por isso que as goleadas fora são tão raras. Mas que as há, há.

Quanto ao jogo (ATL 0 POR 3) voltámos a vacilar no início da segunda parte. Ó professor veja lá isso! O Falcao voltou a falhar golos escandalosamente. O Bruno Prata é que tem razão. Guarin foi displicente na marcação dos livres, Bruno Alves também. Aquele golo foi assim um bocado por mero acaso. Assim não pode ser. Temos que ser mais eficazes. Não deixámos uma boa imagem do futebol português em Madrid. O Quique, o Assunção e o Simão devem estar tristíssimos, eles que nutrem um sentimento especial pelo nosso país.

* Este título foi para compensar a capa da Bola.


sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Em Guimarães, a golear é que a gente se entende.

Golear em Guimarães começa a ser tradição. Que se mantenha por muitos anos. Estou certo que foi o primeiro passo para a "reconquista" do penta. E que melhor local para começar uma reconquista!?
Vi o jogo a espaços. Pelo que vi, a garra e a qualidade de passe voltaram. Helton também. E Falcao. E Rodriguez. E Varela. E Belluschi. E o primeiro lugar ali mesmo ao virar da esquina.

Como ocupar 7.000m2...

Mas os problemas que os portistas viveram nos tempos mais recentes passaram também pela deficiente produção do seu meio-campo. Num jogo, os 22 jogadores distribuem-se normalmente por cerca de sete mil metros quadrados, mas é naquela zona central que é necessária uma ocupação mais inteligente dos espaços. Isso tem a ver com a habitual densidade defensiva do adversário e com a necessidade de encontrar o balanço ofensivo adequado, algo sempre importante, mas absolutamente primordial quando a estratégia assenta em transições ofensivas rápidas.
Valeri pode ser a solução - afirmei-o quando foi contratado ao Lanús e mantenho a opinião até que me provem o contrário. A sua adaptação ao futebol europeu terá sido prejudicada pelas lesões, mas continuo crente que não há no plantel jogador tão inteligente e tão dotado tecnicamente como este jovem de 23 anos para assumir o papel que já foi de Lucho. Veremos se o futuro me dará razão.
Bruno Prata in Público

Nunca tinha feito as contas. São cerca de 7.000 m2 que o FCPorto vai ter que ocupar com inteligência para vencer hoje em Guimarães.

...Boniek e Platini.

Desde os idos de 1984 que estas duas figuras me andam a atazanar a cabeça. Mais propriamente desde a final de Basileia e do Euro 84. Já aqui fiz referência à ladroagem que foi a final da Taça das Taças de 84. Foi a primeira grande desilusão que senti ao ver o FCPorto jogar. Já descrevi a alegria que foi o golo de Vermelhinho na Escócia. Podem ver aqui o jogo quase na sua totalidade. Porque as memórias menos boas também fazem parte da vida, deixo-vos um resumo da final de Basileia que um adepto da Juventus deixou no youtube.

Golos (parte 1): Vignola - 3,35; Sousa - 6.30; Boniek - 9,00.



Ena pá, baixou o passivo!

A FC Porto – Futebol, SAD apresentou junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) os resultados consolidados do primeiro trimestre de 2009/2010 com um resultado líquido de 23,5 milhões de euros, muito acima dos 6,8 milhões obtidos no trimestre de 2008/09. O documento destaca ainda a diminuição do passivo, em 30 de Setembro, em 4,4 milhões de euros, pasta onde se destaca a “redução dos empréstimos bancários em 15,8 milhões de euros desde 30 de Junho de 2009”.
-
Com tanta transferência, tinha que dar lucro. Era melhor que não desse...! Agora, a novidade é a redução do passivo. 4,4 milhões é pouco? É, mas já se nota uma inversão no rumo do "deixar andar e depois logo se vê".

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O Jesualdo está mesmo doido...

Agora que parece que aquilo começava a encarreirar a tempo da deslocação à luz, lembrou-se de convocar o Mariano outra vez! Se for o Mariano que em dez acerta uma já não é mau. E se essa que ele acertar servir para depenar as "Galinhas II" tanto melhor.

De Vermelhinho a ....

O primeiro jogo do FCPorto de que me lembro ter acompanhado com a atenção e entusiasmo do verdadeiro adepto foi o Aberdeen 0 - FCPorto 1. Até lá as prioridades eram outras. Talvez o Rui, o Pequeno Cid ou a Vicky. E foi assim que o célebre chapéu do Vermelhinho ficou como o primeiro golo do FCPorto registado na minha memória. Um destes dias pensei: Será que alguém no seu perfeito juízo se deu ao trabalho de colocar o golo no youtube? Uma pesquisa simples e ...temos o jogo quase completo. O golo do Vermelhinho aparece (no meio do nevoeiro) aos 7,44m, da parte 3.
Bom jogo!







quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Jesus está no meio...

Da lagartagem...


Espera-se nova resposta da Bola.

A semana em revista.

AgorA que elA foi emborA, o principal da semana:

Carlos Carvalhal exige novo treinador em Janeiro

Queirós vai ser consultor da OTAN porque é o melhor do mundo a conter bósnios

Mão cheia de golos encontrada em caixote do lixo no Estádio da Luz

Federação vai pedir a repetição do jogo contra a Bósnia porque o estado do terreno estava em melhores condições do que o da Oliveirense.

Federação já renovou contrato com Bruno Alves, Raul Meireles, Deco, Pepe, Ricardo Carvalho, Bosingwa e Paulo Ferreira.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

AgorA que elA chegou...

Uma homenagem aos seus criadores.



No meio de teorias da conspiração nas quais não quero acreditar, há muita coisa que bate certo num discurso de alguém que já foi ministra da saúde num país que serve - ou serviu, não sei como estão as coisas agora naquelas cabecinhas iluminadas (ou ocultas!) - de referência aos governantes cá do burgo. Infelizmente.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Elogiar o Benfica?! Nunca!

Não costumo ver os jogos do Benfica - já me chegam os do F.C.Porto para me preocupar, enervar, stessar...e então nos últimos tempos!...-, mas dizem-me que está a jogar bem. Ora, porque está a jogar bem a propaganda acha que todos devíamos elogiar os vermelhos e não apontar os erros arbitrais, os dois pesos e duas medidas da Liga, as confusões nos túneis, etc., que os beneficiam - até parece um crime de lesa pátria não nos curvarmos perante a "excelência" do futebol benfiquista! Por exemplo, esse patético paineleiro do Trio d' Ataque, o benfiquista António-Pedro de Vasconcelos acha que há penalti contra o seu clube, falta de Maxi Pereira sobre Camora, mas como o Benfica jogou muito bem e foi muito superior, ninguém, apesar do resultado ter ficado em 1-0, devia colocar em causa os méritos do clube do Vieira e a justiça do triunfo encarnado. A opinião do realizador que podia ser multiplicada por muitas outras do mesmo género, é um absurdo e uma provocação em particular aos adeptos do Tetracampeão. Explico porquê: há quanto tempo domina o F.C.Porto o futebol português? Há mais de 20 anos, seguramente. Não houve épocas em que o F.C.Porto jogava muito à bola, dava grandes espectáculos, e para além do o futebol português, não dominava, até, o futebol internacional? É verdade. Mas os benfiquistas alguma vez elogiaram e deram o valor ao F.C.Porto, mesmo quando entrava e entra, pelos olhos dentro que as razões das vitórias portistas eram e são, porque tinha e tem - ainda acredito que no final da época este meu optimismo se vai confirmar. Acelere, Jesualdo, acelere... -, melhores jogadores, melhores equipas e melhores técnicos, sem esquecer os dirigentes? Não preferiram sempre arranjar desculpas com sistemas, apitos, árbitros e tudo o que lhes dava jeito para denegrir as vitórias e as conquistas do F.C.Porto? Ainda há pouco tempo uma troglodita não escreveu isso mesmo no jornal do Benfica? É indiscutível que era assim e assim será, se as coisas como espero e desejo mudarem nesta Liga 2009/2010 que eles dão como garantida. Por isso, porque tenho memória e não esqueço... elogios ao Benfica?! Nunca na vida! Não me deixo anestesiar por aquilo que ondas, andores, máquinas de propaganda, ou o quer que seja, me tentem impingir... Os abutres, que tentaram ir à Champions à nossa custa, fora das quatro linhas, são o alvo a abater e ponto final.

In Dragão até à morte

Um clube que tem como único objectivo aniquliar o FCPorto só merece desprezo.

Homenagens? Quanto muito, póstumas.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A chatice da lei, por José Manuel Meirim.

1. Este espaço é um exercício de liberdade de expressão. Por isso quem escreve sofre as devidas (?) consequências, e em particular encontra-se sujeito às represálias dos poderes instituídos. Mas a liberdade de expressão envolve ainda danos pessoais. Auto censura-se quem, em nome da amizade, do «conhecimento», ou de outras razões, cala aquilo que, em outras ocasiões, com outros protagonistas, sempre diria. Há que dizer o que tem que ser dito.
-
2. A semana «futebolística» viu-se abalada com a decisão do Conselho de Justiça (CJ) relativa ao jogo de juniores, entre o Sporting e o Benfica, decisivo para a atribuição do título de campeão nacional da época passada. Foram proferidas declarações eivadas de contra-informação, num primeiro momento, em particular, pelo Benfica. Era claro que a decisão do Acórdão do CJ só tinha uma leitura possível: a atribuição do título ao Sporting.Mas deixemos o nefasto folclore que sempre rodeia estas matérias e vejamos a decisão do CJ, destacando o possível.
-
3. É uma muito má decisão.O CJ não “gostou” de decidir. Tal é patente nas observações iniciais. Critica a acção policial e a própria Direcção da FPF. Que chatice a força policial não ter agido como devia. Que grande chatice não ter a FPF instado os clubes a repetir o jogo, impedindo que um campeonato fosse decidido na “secretaria”. Com base em que norma, sem atropelo do Regulamento Disciplinar, o poderia ter feito?Como é possível o CJ ver a sua decisão como um acto de “secretaria”? Não lhe cabe repor a legalidade e impedir que os campeonatos não se ganhem «no terreno» violando as normas?
-
4. Um sério e bem preocupante erro é a afirmação de que nos encontramos no domínio da responsabilidade objectiva dos clubes, isto é, em breve, não se aplicam os princípios do direito sancionatório público, como o princípio da culpa: ninguém pode ser punido sem ter culpa.Para o CJ a responsabilidade decorre do risco próprio inerente ao exercício da actividade desportiva. Tipo instalação de gás?Ora, o Tribunal Constitucional em 1995 (!) firmou o princípio da culpa no domínio da violência dos adeptos quando reportado aos clubes de que são seguidores. Os clubes têm deveres, desde logo o de vigilância, mas ainda o da promoção, junto dos seus adeptos, dos valores da ética desportiva. E isso perdura na lei portuguesa. Mas se o CJ não gosta desta doutrina e lê na lei e nos regulamentos uma responsabilidade objectiva, só lhe resta um caminho, o qual tem sido seguido pelos tribunais franceses e italianos: não aplicar normas que são inconstitucionais e ilegais por violarem esses princípios.O CJ não existe para aplicar cegamente os regulamentos federativos, mas antes o Direito.
-
5. Por último, e aqui confessamos que estamos a ir um pouco além do que devíamos (pois todos nós não conhecemos os elementos de prova), uma palavra sobre os factos dados como provados no CJ: quando os adeptos do Benfica passaram por trás de uma das bancadas onde estavam adeptos do Sporting voltaram a acontecer situações de insultos e os primeiros apedrejamentos simultâneos entre adeptos. Ora isto foi antes ou depois da fuga – legítima – para o relvado das pessoas que se encontravam na bancada? Se foi antes faz toda a diferença, pois o CJ entende que foram apedrejamentos simultâneos.
-
6. O título deve ser atribuído ex aequo e há dois campeões: o CJ e o Presidente da FPF.Este, no passado dia 2 (devia estar em Lisboa) fez uma declaração à nação do futebol. Diz ele que quando ocorreu a «coisa» estava fora do país defendendo, no entanto, que se mandasse imediatamente repetir ou continuar o jogo a partir do momento da interrupção. Infelizmente (palavras do próprio), os regulamentos obrigavam à instauração de um processo disciplinar no âmbito do qual competia, em exclusivo, aos órgãos jurisdicionais a decisão de mandar ou não repetir a partida (outro chateado com os próprios regulamentos, mas pelo menos, ao contrário do CJ, parece que os conhece).“Mais uma vez, uma tomada de decisão célere da FPF, defendida por mim e outras pessoas, esbarrou nos velhos problemas do futebol português. (…) Como se sabe (…) a Direcção que lidero apresentou uma proposta de novos estatutos (…) que poderia abrir caminho a algumas soluções, nomeadamente reforçando os poderes do executivo para tomar medidas céleres e adequadas a várias situações (…)”.
-
Traduzindo: tivesse eu poder absoluto e isto não tinha chegado ao que chegou, sendo certo que embora esteja consciente dos “velhos problemas” convivo com eles há muito tempo. É uma chatice, ainda por cima quando temos que respeitar normas. É tudo uma enorme chatice. O futebol está cheio de masoquistas.
-
José Manuel Meirim, in Público

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Amigos, amigos, negócios à parte!

Notícia avançada pelo “Expresso”
Face Oculta: Supremo diz que escutas a Sócrates são nulas.

De acordo com o mesmo jornal, o tribunal presidido por Noronha do Nascimento argumentou que as escutas deveriam ter sido previamente validadas por um tribunal superior. Não tendo tal acontecido, o Supremo Tribunal de Justiça, órgão máximo da magistratura judicial em Portugal, já decidiu decretar a nulidade da certidão envolvendo escutas telefónicas em que aparece o primeiro-ministro.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Cem nada.

Ontem, no Funchal, foi o centésimo jogo de Jesualdo pelo FCPorto para o campeonato. Diz a tradição que é uma deslocação difícil e que, por isso, há que "dar o litro". O que se viu ontem e nos últimos jogos, foi um FCPorto que nem meio litro dá.

É caso para dizer que o FCPorto de Jesualdo aos cem jogos para o campeonato é um FCPorto cem ritmo, cem vontade, cem dinâmica. Cem nada que se veja.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Objectivo: 1.º lugar do grupo.

Provavelmente esta é a primeira vez que o FCPorto garante a passagem à fase seguinte à quarta jornada. E logo num grupo teoricamente difícil. Agora, o próximo objectivo só pode ser o primeiro lugar do grupo, o que é algo, até, a que nos temos habituado nos últimos anos. Manias. De vencer.
-
PS: O comentador Bruno Prata passou as duas últimas semanas a dizer aos microfones da TSF que Falcão saiu da Argentina com o rótulo de perdulário em lances de fácil concretização. Nós sabemos a vontade que grassa por aí para que Falcao se fira numa asa. Mas o tiro tem saído pela culatra.
-

terça-feira, 3 de novembro de 2009

"O modelo do Porto não muda".

Desde que ganhe...!



Entrevista completa e em português aqui.

E o resto?

Foi retirado o campeonato de juniores ao Benfica; aquele da intifada. Já só lhes falta ficar sem a Taça da Liga; aquela do Lucílio Calabote Batista e a Liga de 2005; aquela do Estorilgate. Com jeitinho e puxando bem pela memória, ainda ficam sem a Taça de Portugal de 2004.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Humildade!...cogitações?

Derrota do Benfica leva adeptos a aprenderem o significado da palavra humildade

“Esta da humildade é uma palavra nova para mim. Ainda me custa a pronunciá-la e até faz doer os maxilares. Parece uma palavra inventada pelo Freitas Lobo ou aquelas palavras estrangeiras muito usadas pela malta dos computadores e das internetes”, testemunhou um lampião. Luís Filipe Vieira também já está a tentar adaptar-se à nova realidade. “Já dizia Tomás de Aquino: a humidade é o primeiro degrau para a sabedoria. Não comecem é a especular coisas. Jesus é o nosso treinador e tem contrato. Tomás de Aquino não está nas nossas cogitações, até porque, ao que sei, o Tomás de Aquino tem contrato com outra equipa”, revelou Luís Filipe Vieira.

Tradição e Terrorismo.

Sócios aristocráticos do Sporting contentes que clube mantenha tradição de não ganhar

PSP impediu adeptos “leoninos” de invadir Estádio de Alvalade

sábado, 31 de outubro de 2009

E que tal, Estádio Câmara Municipal de Lisboa?

Estádio da Luz vai mudar de nome
O Benfica já encara a estratégia de negociação para a futura designação do estádio da Luz.


Grupo Espírito Santo gere fundo de jogadores Benfica Stars Fund

Tendo em conta as ajudas dos últimos anos, o mínimo que podiam fazer era batizar o estádio com o nome da entidade mais benemérita de Lisboa.

Estão mais preocupados do que nós.



Deviam preocupar-se era em saber qual vai ser o castigo aplicado a Aimar.

Bela prenda.

-
Já sabemos que para sermos campeões temos que ser muito melhores que os adversários directos. Veja-se o golo mal anulado a Farias. E porque já sabemos disso não nos podemos desculpar com os árbitros. Temos é que correr mais e ser mais eficazes. O título de cima diz tudo sobre o FCPorto de ontem e dos últimos jogos.
-
Fia-te na virgem e não corras!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

A vida inspira-nos.


Ou a Face (pouco) Oculta de um "notável" e ex-dirigente benfiquista.

Louva-a-deus?


FC Porto SAD aprova o maior orçamento da história do futebol português: 81,5 milhões de euros.
E isto é bom ou é mau?

Finalmente, a administração reafirmou que só receberá os prémios previstos pela comissão de vencimentos em caso de vitória nas competições, rejeitando a remuneração variável no caso de ser segunda, terceira ou quarta classificada.
-
Quer dizer que o 4.º lugar dava direito a prémio?
-
F.C. Porto: AG aprova contas com louvor à administração.
-
Não seria escusado este louvor, numa casa em que são muito bem pagos para fazer o serviço bem feito?

Arquive-se.

Na justiça lampiónica foi assim.

Resta saber como vai ser na Justiça a sério.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Benfica - Nacional.

Há um ano foi assim. Hoje, como vai ser?

A fé mariana de Jesualdo.

Como é possível o FCPorto estar dependente de um jogador que, à falta de melhor termo, se poderá caracterizar como bi-polar? E isto depois da exibição fracota contra um clube da 5.ª divisão europeia. Só uma crença inabalável, a roçar o irracional, explica o facto de Jesualdo manter Mariano e retirar Rodriguez com a intenção de resolver o jogo a seu favor. Por quanto tempo mais vamos ficar dependentes da fé mariana de Jesualdo?
-
Se lhe continuam a dar oportunidades a titular só contra o Sertanense, tem legitimidade para tal.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Jorge Jesus será o primeiro prioritário a receber a vacina contra a Gripe A.

Lembremo-nos das acções do Benfica não cotadas em bolsa aceites como garantia de pagamento das dívidas ao fisco e à segurança social. Estão lembrados? Agora imaginem que a bancarrota do Benfica era a Gripe A e que aquelas acções de valor duvidoso eram a vacina.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Hulk HD.

Foi em HD que vi o jogo. Mas em alta só tivemos Hulk e os três pontos obrigatórios contra uma equipa que só está na LC por vontade de "Michelin" Platini. Agora é garantir a passagem aos oitavos já na próxima jornada.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Ui, que medo!

Primeiro com a selecção, agora também no Porto. Calha-nos a Bósnia e passam a ser os maiores do Europa, e temos que ter muito cuidado e tal.... Chega a vez do Apoel e passam a ser os maiores da Europa e temos que ter muito cuidado e tal; até só sofreram um golo. Isso é conversa da treta. Os 4 jogos são para ganhar. Se isso não acontecer é escandaloso e não há desculpas.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Vamos lá imaginar...

Que um presidente de um clube muito conhecido pelo seu poder mediático e de massas é também empresário no ramo imobiliário. Que esse presidente apoia em seu nome e em nome do clube a que preside uma recandidatura à presidência de uma Câmara Municipal que, já em anos anteriores, muito ajudou o clube que aquele presidente preside. E que este clube tem beneficiado de um fundo de gestão de jogadores gerido por um banco que tem como presidente um primo de um membro da lista daquele presidente de Câmara que se recandidata. Primo esse que se recandidata para o mesmo pelouro que, por acaso, até é um pelouro que interessa muito ao ramo de actividade a que o presidente do clube se dedica. Mais ainda quando esse pelouro passou a administrar mais umas dezenas de hectares de terreno mesmo à beirinha do rio que banha a cidade/concelho que o presidente da Câmara preside e quer continuar a presidir. Será precisa muita imaginação? Se calhar não.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Só há uma explicação para isto.

Como já "foi" jogador do Benfica a capa já estava preparada. Até tem a escritora sebo.... no canto inferior esquerdo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O futebol português está de parabéns.

Agora sim, podemos dizer que o campeonato português está entre as melhores ligas europeias. Pelo menos foi o que li e ouvi nos últimos dois dias: "o Benfica tem o melhor ataque dos principais campeonatos da europa". Já sabemos que se algum dia o Benfica chegar ao primeiro lugar, a nossa Liga será a melhor da Europa.
-
PS: Parece que ontem começou uma liga a que chamam "dos campeões". Parece que uma equipa fraquita cá do burgo pôs em sentido Carlo Ancelotti durante uns bons 45 minutos. Peanuts.
-
PS2: Vi ontem o golo do Saviola. Seria um grande golo se, ao invés dos jogadores do Belém se desviarem dele, dando-lhe o corredor central, tivesse fintado algum deles. Agora imaginem se fosse um jogador de outro clube. Clube esse que lhes tinha emprestado uns dias antes uma vedeta de há dois anos, mesmo ao fechar do período de inscrições. O que não se falaria?
-
PS3: É impressão minha ou isto está a ficar repetitivo!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Vamos lá imaginar...

Que o mercado de transferências fechava às 19h. Que o Porto jogava com o Setúbal daí a uma hora. Que horas antes, mesmo no fecho do mercado, o Porto tinha emprestado um jogador ao Setúbal. E que o Porto dava 8 ao Setúbal.

O que não se falaria?

sábado, 29 de agosto de 2009

Fa-Fa e Varela.

Fa-Fa, Falcão e Farias, a dupla avançada mais temível do campeonato, sem nunca jogar junta. Foi assim que o jogo de hoje contra a Naval (1-3) ficou resolvido, com um Varela cada vez mais certo na titularidade, a dar o seu contributo.
Na segunda-circular, a apetência para jogadores em fim de linha continua: depois de Reyes, Aimar e Saviola, os calimeros não quiseram ficar atrás e contrataram Angulo. Não arranjaram nada melhor na célebre academia?

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Back to life, back to reality.

Com as férias a acabar - sim, foi uma empreitada de um mês - cai-se na real. Vai-se aos poucos recuperando a rotina, para que o choque do regresso ao trabalho não seja assim tão grande. E aproveita-se para pôr aqui o estaminé em dia. E como resumir, em poucas palavras, o que aconteceu nas últimas semanas: back to life, back to reality. A realidade da Liga Europa para Sporting e Benfica. A realidade da Liga dos Campeões para o FCPorto.
Alguns recuerdos.








quinta-feira, 23 de julho de 2009

Campeões à pedrada!

Tudo está bem, quando acaba em bem.

Portista: alinhado ou não alinhado?

Sou daqueles portistas a quem o passivo faz um bocado confusão. Não tanto pela existência do mesmo, desde que haja activos para o suportar - até porque não haverá uma única sociedade anónima que não tenha passivo, é da sua natureza - mas mais pela gestão do risco do mesmo, tendo em conta a força que segura o clube do regime. Como sabemos, quando as contas do Benfica já não tiverem salvação possível, haverá sempre um apoio do estado, seja com PSD, seja com PS. E as nossas? Haverá algum apoio. Pelo contrário, à primeira oportunidade seremos atirados para um poço. Por isso é que também em termos de contas teremos que ser, não melhores que os outros, mas sim muito melhores. Agora siga o futebol jogado que isso é que interessa. Ou não.

PS: Acho que não vale a pena existir um barómetro para encontrar a percentagem de orgulho portista. Cada um viverá o clube à sua maneira, pelo que para mim não existem portistas carneiros, nem especialmente orgulhosos. Existem portistas.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Vai ser tão bom, não foi!


Conforme apareceu, assim desapareceu. O melhor lateral esquerdo que o FCPorto teve em muitos anos deu dois pontapés na bola e rendeu não sei quantos mil porcento em mais valias financeiras. Como é que vai ser com Álvaro Pereira? Se for tão bom como Cissoko, em Dezembro já cá não estará?

terça-feira, 7 de julho de 2009

Li championnat.

É muita massa. Agora que o encaixe financeiro necessário ao equilíbrio das contas foi conseguido, e em muito ultrapassado, quem se segue?
Não obstante a quase mitificação de Lucho, será relativamente fácil colmatar a sua saída em termos estritamente desportivos. Mas onde é que vamos buscar um outro Lisandro López?

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Lu championnat.

Lucho González vai ser jogador do Marselha nas próximas quatro temporadas. O FC Porto vai receber 18 milhões de euros mais um bónus de um milhão de euros por cada apuramento do Marselha para a Liga dos Campeões nos próximos quatro anos.
Com chegada de Saviola ao Benfica, a quota de argentinos no futebol português foi ultrapassada, pelo que a SAD do FCPorto foi obrigada a dispensar o seu melhor jogador. É o Benfica contratar outro argentino e lá vai o Lisandro.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Não há dinheio, não há vícios!

O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, renovou o interesse em Lisandro Lopez, do F.C. Porto, mas considera que o valor exigido, 20 milhões de euros, é proibitivo para o emblema francês. «É muito elevado, eu concordo», disse, ao «Jornal du Dimanche». «Lisandro interessa-nos, mas ele ainda tem um ano de contrato e, se pedirem 20 milhões de euros, não vai ser o Lyon que o vai adquirir», confessou o dirigente.
-
Custa-me um pouco a perceber como é que um futebol que, em termos financeiros, está ao nível dos melhores campeonatos da europa não consegue ter uma equipa, pelo menos, nas meias-finais da Liga dos Campeões regularmente. Este Lyon, que dominou o futebol francês na última década, o melhor que conseguiu foi umas participações nos quartos-de-final, uma delas de boa memória para o FCPorto. O Marselha e o PSG nem da fase de grupos conseguem passar. É que não são poucos os jogadores com ordenados acima dos 250.000 ou 300.000€, algo incomportável para o FCPorto, o que só vem valorizar ainda mais as prestações do melhor clube português na Europa e no mundo.
-
Hum! Se calhar, o título não será assim tão verdadeiro, tendo em conta o vício de ganhar do FCPorto.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Futsal Clube do Porto.

Quem pouco ou nada ganha, tende a sobrevalorizar aquilo que tem. Vejam a festa que os sportinguistas e lampiões fazem quando conseguem um título no futsal. Fui praticante federado de futebol 11 e nas horas vagas jogava o chamado futebol de salão. Ainda com regras como não poder rematar dentro da área, não poder levantar a bola mais alto do que o joelho e poder jogar com as tabelas. Com o passar dos anos, o futebol de salão derivou para o futebol 5, que mais não era do que futebol 11 jogado por 5 jogadores num recinto da dimensão de uma grande área. Até que chegamos à profissionalização do futebol 5 com o futsal que tantas "alegrias" tem dado a lampiões e lagartos. Julgo que é altura de se discutir se valerá a pena o FCPorto investir nesta modalidade. Se temos uma equipa de futebol de praia, porque não!? Como o fizeram Benfica e Sporting, basta adquirirem os direitos desportivos (julgo que se chamará assim) de uma equipa do campeonato nacional. Não acompanho o futsal nem faço ideia de que clubes se poderiam aliar ao FCPorto e que jogadores poderiam ser contratados; mas porque não começar pela experiência de Zézito, dispensado pelo Sporting. Qual Derlei, ainda poderia fazer uma perninha. E era mais um ilustre lisboeta e marvilense a representar o FCPorto, como o fizeram Costinha, Valente e Resende.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Contratação assimétrica.

Estava-me a queixar de que não havia nada para dizer e cá está: Cissokho é assimétrico e já não vai para Milão! Segundo a últimas notícias, o melhor lateral esquerdo que passou pelo futebol português nos últimos anos tem os dentes tortos e por isso não serve para o AC Milan. O que é certo é que cá no burgo tem servido, e bem, e tem feito uma perninha na Liga dos Campeões. Se não for colocado noutro clube, bem se pode dizer que até, ao momento, foi a melhor contratação da pré-época. Mesmo assimétrica.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Preguiça, Salvador, Jorge Jesus e as comendas de Bettencourt.


Sinto falta de uma boa polémica e por isso estou com uma grande preguiça em escrever. O problema de se ser adepto do FCPorto é que é muito difícil chatearmo-nos com alguma coisa mal feita pelo clube. Isto de ganhar, ganhar, ganhar, também tem o seu quê de rotineiro, na pior acepção da palavra. Que fique sempre assim, não me importo, mas comparando com as emoções fortes do ano passado, esta pós-época está a ser uma seca. Resta-nos, como sempre, o "cirque de l'alumiére", com os seus verdadeiros golpes de estado institucionais e o chamamento pelo Salvador, que até ao momento "só" lhes custou 700.000€ (mais um bom acordo!). Não quero julgar ninguém - nem gosto quando alguém o faz, mesmo com personagens como o presidente da agremiação do bairro de Benfica - pela falta de instrução ou pela incapacidade de conjugar sujeito, predicado e complemento directo na mesma frase, mas estou curioso para ver as conferências de imprensa, quase diárias, a que Jesus estará obrigado a dar. Conjugando a especial apetência de Jesus para teorizações muito próprias - qual Manuel Machado - com a mais que certa manutenção do circo mediático à volta do "mais maior grande clube do mundo" é certo que momentos hilariantes estarão para chegar directamente do Seixal. Para os lados de Alvalade, parece que o circo também está a ser montado. Esta de apresentar 11 novos sócios a cada semana que passa com a pompa e circunstância das Comendas do 10 de Junho só tem paralelo com a "Operação Coração" de Damásio e o "Kit Sócia" de Vieira. Siga a banda.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Infelizmente, nem tudo está perdido para os lados da Luz!

Não haverá um portista que não deseje que Veira continue à frente do Benfica por largos anos. Não porque o FCPorto dependa disso para ser campeão - é-o pela sua grandeza e competência -mas sim pelo facto de, em complemento às nossas vitórias, podermos ainda desfrutar dos "tiros no pé" do clube da luz. Parece, no entanto, que nem todos os benfiquistas têm uma visão toldada pela ilusão da grandeza. Sei que serão poucos. Muito poucos. Mas é por serem raros e em vias de extinção que vos trago um comentário deixado por um benfiquista em maisfutebol.iol.pt.
-
João Tudela
2009-06-05 02:13

Alvaro Pereira
Antes de mais, esclareço que sou benfiquista convicto.Durante as últimas semanas falou-se muito na vinda de Alvaro Pereira para a Luz. Fiz a minha pesquisa e conclui que realmente poderiamos estar perante um belo reforço para a temporada 09/10. A posição de lateral esquerdo é quase sempre crítica em Portugal e um jogador uruguaio (que geralmente primam pela garra e vontade), titular da sua selecção em ascenção, com 1,83m - hoje em dia laterais com qualidade com esta altura é raro - com vocação atacante, para além de polivalente... tudo indicava que estávamos perante um bom investimento.O preço que o Cluj pedia era de 5 milhões de Euros. Sinceramente, não acho caro. Este jogador jogou a Liga dos Campeões esta época e teve um ano deveras positivo ao serviço dos romenos. E se nós cá em Portugal estabelecemos cláusulas de rescisão de 20 e 30 milhões para miúdos que só sabem o que é a Taça UEFA ou tiveram 1 ou 2 presenças na Champions, não vejo como é que um jogador com as características que afirmei há pouco possa ser caro.O Benfica - e perdoem-me benfiquistas mas eu não acredito que nunca tenhamos estado interessados neste jogador - resolveu desistir. Desistir para provavelmente daqui a umas semanas pagar 3 milhões por 50% do passe de um jogador sem qualquer experiência na Europa, ou por um português estilo Jorge Ribeiro que a meio do ano será assobiado logo quando o nome dele for anúnciado antes do jogo, mesmo que a suplente. A posição de Defesa Esquerdo no Benfica é uma lacuna grave que necessitava de ser bem preenchida e este jogador era claramente uma excelente opção. Fala-se agora num jovem argentino que sinceramente espero que vingue na Luz mas não queiram atirar areia para os olhos dos benfiquistas - a contratação de Alvaro Pereira foi um fracasso de gestão.Quanto à ida do jogador para o Porto, não o critico. O Porto é um grande clube, com projecção a nível Europeu e nenhum internacional de 23 anos em ascenção meteórica vem para um clube destes com o pensamento que não se vai impor. Impondo-se no FC Porto, a sua presença na selecção Uruguaia no próximo Mundial é garantida. Claro que Cissokho é um bom jogador que também ataca bem e que sabe defender. Mas nos grandes Europeus são necessários 2 bons jogadores por posição e o Porto não "pensa pequeno". Dá a ideia que já se preocupa mais com o desempenho na Champions (o que se compreende quando se domina tanto a nível interno) do que com a nossa Liga - pudera.Se o francês vai sair? Não sei. Mas se sair, o Porto terá feito um excelente negócio já que em Dezembro comprou muito barato para agora vender por 6, 7 ou 8 milhões (já houve propostas com estes valores) o que significa uma valorização incrível de um activo em apenas 6 meses. Quanto àqueles que dizem que Alvaro Pereira é pior que Cissokho eu digo isto: Fui ao Dragão ver o FC Porto-Benfica este ano e fiquei na bancada central no meio dos adeptos do Porto. O francês tinha chegado para aí há um mês e não houve adepto naquele estádio que nesse dia não o assobiasse uma vez, não dissesse "este não vale nada". Há que dar mérito também ao professor Jesualdo que fez deste miúdo um bom jogador. Mas se ele fez isso com um jovem sem experiência, o que esperar de um internacional? Espero, para bem do meu Benfica, que o A.Pereira não tenha assim tanto sucesso quanto eu acho que vai ter, se não na próxima época vamos andar todos com "azia" ao ver que deixamos escapar infantilmente um jogador com tanta capacidade.Saudações desportivas.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Playerjacking.


O FC Porto contratou o lateral-esquerdo Álvaro Pereira ao Cluj, da Roménia. O tetracampeão pagou 4,5 milhões de euros por 80 por cento do passe do futebolista. O Benfica tinha sido o primeiro clube português a manifestar interesse no uruguaio.

Depois do hijacking e do carjacking, o playerjacking.

Baía na baliza!

Enganei-me. É na Galiza.
-
In O Jogo
-
Depois de conquistar o Sul, viramo-nos para Norte.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Quando nos enganamos e ficamos felizes.

Há uns tempos pus em causa a "boa-fé" da lesão de Sektioui, prevendo a saída do marroquino do FCPorto logo em Janeiro, na reabertura do mercado. Dada a postura do jogador durante o resto da época e agora na hora de saída, resta-me reconhecer que me enganei a respeito da personalidade do jogador e agradecer-lhe tudo o que deu ao FCPorto. Se este golo foi o mais vistoso, muitas outras jogadas contribuiram para o reforço do orgulho de ser portista.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Leonel & Cristiano.

Está toda a gente à espera de um "recital" de bola, mas cá para mim, o nome desta dupla faz-me lembrar o pior da música "pimba". Será que vai ser "pimba lá prá frente" e nos penalties lá se resolve?

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Bettencourt, pede para ir estagiar no FCPorto!

Candidato a presidente dos leões diz que os dragões têm uma «estrutura eficiente».
José Eduardo Bettencourt, candidato à presidência do Sporting, em entrevista à RTPN, elogiou o F.C. Porto e a sua gestão: «A estrutura do F.C. Porto é muito eficiente. Liderada por uma pessoa, que todos sabem quem é. Tem pessoas ambiciosas, trabalhadoras e que põem os interesses do clube acima de tudo. São poucos. O Sporting tem uma estrutura desajustada. Tem pessoas a mais.»

Mais um que descobriu o sistema da competência. Mais vale tarde do que nunca.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Mais um que fala na terceira pessoa!

«E se o F.C. Porto quiser o Adebayor?»
Emmanuel Adebayor não anda feliz no Arsenal. Aparentemente, o togolês está magoado com os adeptos, que o vaiaram. Lee Dixon, antigo defesa dos londrinos, também criticou o avançado, que pode estar de saída do clube. Porém, Adebayor diz que não tem culpa e até mete o F.C. Porto ao barulho. «Não foi agradável jogar em casa e ser apupado pelos meus próprios adeptos», disse Adebayor, citado pelo sensacionalista «The Sun». «Não sei mais o que fazer, se, por exemplo, o Porto quiser o Adebayor, a culpa não é do Adebayor, por isso, para quê vaiar-me», interroga-se o togolês. Refira-se que, durante muito tempo, o ponta-de-lança foi conotado com uma transferência para o Milan.
Por falar nisso... o que é que falhou, Diego? “No FC Porto a incompetência prejudicou-me, na Alemanha encontrei o meu espaço”, respondeu o brasileiro ao PÚBLICO, apontando imediatamente o dedo ao treinador Co Adriaanse (“não sabia aproveitar o meu potencial dentro do campo”) e também ao FC Porto (“não pagava o que devia”). “Cheguei a ter três meses de salários em atraso”, completou o brasileiro, que chegou às Antas em 2004 com rótulo de Deco. Hoje lamenta essa “parceria”. “Foi uma sequência de erros graves. Todos podem ver o jogador que sou. Os últimos três anos aqui na Alemanha serviram para provar de quem era o problema. Era do FC Porto”.
Ó Diego avisa o Adebayor que o Porto não é flor que se cheire. Já agora avisa o Anderson, o Quaresma e Pepe.

terça-feira, 19 de maio de 2009

As novas modalidades do Benfica!

São estas as novas modalidades do clube mais maior grande: Beisebol, tiro (aos pratos?), horsebol .... e ainda pensam em participar no Concurso do Homem Mais Forte do Mundo (aquele que às vezes passa no Eurosport. Todas as notícias que têm vindo a público são uma autêntica cabala contra o clube do Alto dos Moínhos.

PS: Os objectos em segundo plano são produtos de higiene pessoal. A balança não sei.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Ó filho, já não sou do Benfica!!

É certo e sabido que nos escalões etários mais jovens o FCPorto é o clube com mais adeptos, sendo que a partir dos 50 anos, Benfica e Sporting ainda levam vantagem.
Está bom de ver que a ordem natural das coisas, mais cedo ou mais tarde, fará com que o FCPorto seja o clube com mais adeptos em Portugal.
Parece existir, no entanto, um novo fenómeno no futebol que acelerará o processo. Costuma dizer-se que se pode mudar de partido mas não de clube. Muitas vezes os eleitores votam em quem tem maiores hipóteses de ganhar, para se sentirem vencedores. Ao que parece isso também está a acontecer nos futebol. Vejam o exemplo deste neófito portista com 50 anos.

As contas de Pinto da Costa.

Quanto a Pinto da Costa, poderia dizer que está tudo dito. Mas não digo. Porque acho que não está. Sabemos que ninguém é eterno, mas julgo que muito ainda se falará de Pinto da Costa. Dizia-se que sairia com a construção do Pavilhão. Agora vem o Museu. Fala-se da Piscina. Julgo que Pinto da Costa só dormirá descansado quando conseguirmos mais campeonatos que o Benfica. Não que isso seja essencial para concluirmos que somos melhores, muito melhores, do que aquele clube, mas seria a cereja no topo do bolo, lá isso seria.
Não vão muito longe os tempos em que se dizia que o Benfica tinha mais campeonatos que os outros todos juntos. Por isso, quando nos faltam apenas sete, será num instantinho que o último objectivo de Pinto da Costa será alcançado.
E será tão mais depressa alcançado, quanto mais anos Jesualdo continuar no FCPorto. Tivéssemos, em 2004/2005, um treinador que nos defendesse como Jesualdo nos defendeu nos últimos três anos de todos os ataques da Liga “Encarniçada” e provavelmente estaríamos agora a comemorar o segundo Penta. E estaríamos a apenas cinco campeonatos do clube da Luz.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

O subcampeonato.

Normalmente o campeonato disputado por Benfica e Sporting é conhecido como a Taça da 2.ª circular. Agora, a Marca re-baptizou a contenda e, quanto a mim, acertou na mouche. Para os espanhóis, o Benfica e o Sporting disputam o subcampeonato. Talvez seja por isso que o FCPorto também é líder nos espectadores.

Nós ficamos com o resto.


Quem disse que no futebol português não há justiça? Claro que há. O Benfica fica com a Taça da Liga, o Sporting com a Taça da 2.ª Circular e nós ficamos com o resto - Taça BES incluída.

Há onze anos que o não conseguiamos!

Afinal também andamos onze anos para conseguir alguma coisa!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Fia-te na virgem e não corras II.

O Benfica está mais perto do quarto classificado do que do líder. A frase não traduz o olhar distraído para a tabela deste campeonato, é o resultado da análise das edições da prova no século XXI. Se a história e o número de adeptos não permitem duvidar de que Benfica, F.C. Porto e Sporting são «grandes» e todos os outros «pequenos», os números das últimas dez edições da Liga apontam outra tendência. De facto, vistos os dez últimos campeonatos (de 1999/00 até às 27 jornadas de 2008/09) o quadro é diferente.

Pontos
F.C. Porto, 717
Sporting, 659
Benfica, 638
Clube classificado em quarto lugar ou acima do Benfica*, 576

Estes números permitem concluir que a principal luta do Benfica é com o Sporting. Pelo segundo lugar. No entanto, o clube de Alvalade tem conquistado vantagem desde que os «encarnados» foram campeões, em 2004/05. A diferença vai já em 21 pontos. Depois, os números revelam um dado surpreendente: o Benfica está mais perto do primeiro «pequeno» clube do que do indiscutível dominador do século XXI, o F.C. Porto. Os «encarnados» somam mais 62 pontos do que a soma do «pequeno» melhor classificado em cada uma das edições deste século. Mas têm menos 79 pontos do que o F.C. Porto. Em média**, o F.C. Porto faz 71,7 pontos, contra 63,8 do Benfica. Ou seja, oito pontos de diferença. O Sporting fica-se pelos 65,9 e o primeiro «pequeno» soma, em média, 57,6 pontos. Ou seja, esta temporada o Benfica está, para já, ainda mais distante do F.C. Porto e mais próximo do primeiro pequeno. Pior do que tendência da década, portanto.
Outras tendências
Quando se olha para os golos marcados e sofridos, no mesmo período, percebe-se que a maior diferença entre o Benfica e os outros «grandes está na facilidade em encaixar golos.

Golos marcados
F.C. Porto, 614
Benfica, 562
Sporting, 557
Clube classificado em quarto lugar ou acima do Benfica*, 517

Os «encarnados» marcaram menos 52 golos do que o F.C. Porto (ou seja, cerca de menos cinco por época), mais cinco do que o Sporting e mais 45 do que o primeiro «pequeno». Também aqui estão mais distantes do líder do que do perseguidor, o que é ainda mais verdadeiro para o Sporting. Aliás, este está a ser o pior ano de Paulo Bento, com apenas 38 golos marcados, contra 46 do Benfica e 55 do F.C. Porto. O Nacional leva 45.

Golos sofridos
F.C. Porto, 223
Sporting, 271
Benfica, 298
Clube classificado em quarto lugar ou acima do Benfica*, 352

Estes números revelam que é muito mais difícil fazer golos ao F.C. Porto e ao Sporting do que ao Benfica. E, de novo, colocam os «encarnados» mais próximo do «pequeno» perseguidor do que do clube que domina a década. Conclusão: o comportamento do Benfica esta época só pode ser surpreendente para quem não analisa tendências. Os «encarnados» estão no local que tem sido o seu no século XXI: em terceiro, mais perto do quarto do que primeiro. Esta época apenas um pouco pior do que a média das últimas dez edições. Será que isto ainda é comportamento de um «grande»? Tem a palavra o leitor.

* Ao contrário de F.C. Porto e Sporting, o Benfica já por três vezes ficou abaixo do terceiro lugar, nas últimas dez edições. Para efeitos desta comparação, somaram-se os pontos dos clubes que ficaram em quatro lugar. Ou o melhor classificado, nas temporadas em que o clube da Luz fez pior do que terceiro
** Há campeonatos com 18 e com 16 clubes

domingo, 3 de maio de 2009

Série Meireles.


Não temos Lucho? Não temos Hulk? O Meireles faz a diferença. E foram só precisos 15 minutos em campo. E que dizer de Fernando? Será outra série. A série do Penta.

Senna.


Como não tinhamos futebol no mundial, nem um piloto na Fórmula 1, Zico e Piquet eram para mim os representantes de Portugal. Depois daquela tarde chuvosa no Estoril, Senna foi só Senna. O melhor de sempre.

Sob pressão!

É assim que o FCPorto gosta de viver. A pressão que existe até ao momento em que a vitória não nos pode escapar. Tivesse o Sporting vencido ontem, e era a pressão de ter que ganhar para manter a diferença pontual. Como não ganhou, é a pressão de garantir o campeonato já na próxima semana, no Dragão.
PS: Derlei legitimamente pode querer jogar mais um ano. Agora não nos venham vender a ideia de que é um jogador que está aí para durar. Ele está aí é para "dar pau" e com força. Foi triste ver a expulsão de Carriço quando jogou sem maldade, depois da agressão de Derlei a um jogador da Académica minutos antes.

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Portugal, Um Retrato Social.

Ao visitar o site zerozero.pt encontrei o seguinte texto que, a propósito do sucesso do FCPorto, descreve o que é hoje Portugal. É um pouco extenso, mas vale a pena ler.
"1 Quem se ausentou para o estrangeiro nos últimos tempos verificou, com tristeza, que o tradicional cartão-postal do nosso país sofreu uma radical alteração. As tintas das descrições e apreciações mudaram de cor. No lugar do sol chamejante, do mar do sonho da nossa errância e peregrinação pelo mundo, da beleza das paisagens, da culinária de fazer crescer água na boca e da afabilidade das pessoas, surgem diariamente no panorama mediático, notícias de um país sombrio, minado pelo à-vontade da desvergonha e corrupção, com referências desprimorosas aos nossos governantes. A imagem dada é a de uma terra sem rei nem roque, de um saque, festim e conluio de interesses e promiscuidades entre famílias, oligarquias, corporações e sociedades claras e ocultas, de uma coutada onde medram e gozam de subido estatuto habilidosos, espertalhões e passarões poisados nos vários ramos do poder. Ao lado ou acima destas ilustres figuras há cavalheiros que, com legitimidade e espartano porte, chamam a atenção para os desmandos e o naufrágio; mas falta à sua voz autoridade moral, porquanto a hipotecaram ao avalizar a montagem de negócios com laivos de podridão e ao dar aos seus autores a capa da protecção. O regime democrático vive o estertor, sem ter chegado verdadeiramente a vingar, por ter caído no fosso da imundície e degradação. Os políticos são vistos como actores de um circo sem nobreza e elevação; só cuidam de se arranjar e servir, não mostrando pelo bem-estar geral apego ou paixão.Acredite o leitor, estas palavras não brotam de um ânimo leve; são o retrato do País que corre além fronteiras. E o pior é que não se trata de exagero, mas da fotografia nua e crua de uma realidade que, por mais que nos desgoste e surpreenda, ultrapassa de longe o conhecimento que dela temos. Há muitas mais coisas fétidas e vis que se escapulam do nosso olhar. Porventura aqui nunca as veremos, nem tampouco serão reveladas; para as perceber é preciso mirar, lá de fora, o esterqueiro que cresce cá dentro, mesmo debaixo do nosso nariz. 2 Foi isto que me confrangeu e doeu à flor da pele e nas dobradiças e entranhas do corpo e da alma, durante a recente ausência do País. Em contraste com este monturo asfixiante e nauseabundo da vida pública nacional e da chafurdice que a perfaz, surgiu um outro cartão postal, colorido com termos de admiração e exclamação, exaltando a nossa infinda capacidade de transcendência e superação. Esse cartão tem a marca Porto, que é, afinal, a raiz da origem de Portugal e constitui a referência para a esperança na grandeza do seu destino.Porto é muito mais do que uma cidade; é bandeira e símbolo maior da sublimação do nosso país em todo o mundo, através da generosidade e espírito do vinho, da obra de internacionalização da universidade e da gesta de um clube de futebol. Este não se dá bem com a mesquinhez e pequenez e teima em se afirmar e seguir o seu curso entre os maiores, lavrando com ambição, ousadia, esforço, suor e visão um caminho que aos parceiros indígenas e à Liga da sua organização devia suscitar apreço, louvores e inspiração, em vez de lhes despertar inveja, aversão e perseguição. O nome Porto evoca orgulho e dignidade, é uma lufada de ar fresco e um raio de luz no cenário feio de ridículo e troça que, lá fora, se faz da bagunça do Portugal actual.Sim, estava no estrangeiro quando o FCP saiu da Liga dos Campeões pela porta grande. Por isso pude ler e ouvir comentários opostos aos do quadro sujo em que é emoldurada a baderna da política, da justiça, dos media, das iniquidades, mentiras e fraudes, dos abusos e esbulhos, dos fretes e tráfico de favores, da nossa assombração e desilusão.É neste Porto de revolta que me revejo e é também nele que ergo e bebo a taça do amor infindo ao Portugal eterno, da minha afeição e devoção. É ele que pede respeito para o primeiro-ministro, pelo simbolismo da sua função presente; e para todos os cidadãos honrados, pela seriedade permanente e pelo exemplo de uma vida limpa e decente.»
Jorge Olímpio Bento in "A Bola", 30-4-2009

terça-feira, 28 de abril de 2009

Super Porto, Campeão Autêntico.



Com os bancos a afundarem-se com a crise - e o país com eles -, valha-nos a cerveja para suportar o futebol.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Bisandro para o Tetra.


Como já tinha aqui referido, o Público deixou de ser um jornal tendencialmente imparcial para passar a ser futebolisticamente tendencioso. Este artigo rivaliza com o que de "melhor" se faz na Bola, no Record ou no Correio da Manhã.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Final da Taça no Dragão, obviamente.

Parece que os regulamentos permitem que a final da Taça de Portugal não seja no decadente estádio de Oeiras, se os finalistas forem do mesmo Distrito, acordarem na nova localização e a FPF aceitar a proposta dos clubes. Contra mim falo, porque a Oeiras até era capaz de ir, mas não acredito que a final não venha a ser no melhor e mais bonito estádio de Portugal.

Foi você que pediu um Porto-Ferreira?

O que eu queria é que fosse um Porto-qualquer coisa! E isso foi conseguido, não sem antes mandarem Hulk finalmente para o estaleiro. Assim se protege o futebol espectáculo. Quanto ao nosso opositor, julgo que é de dar os parabéns ao Paços de Ferreira. Pelo que se tem lido, tem sido um clube cumpridor das suas obrigações para com o Estado e para com os jogadores, logo tem sido um dos prejudicados pela concorrência desleal de clubes como o Estrela da Amadora, o Setúbal e tantos outros que canalizam as verbas para a compra de "vedetas". O aproveitamento que fizeram da situação do Boavista no ano passado para se manterem na primeira divisão não foi bonito, mas pelo menos para o Paços de Ferreira fez-se justiça, por linhas tortas, é certo, mas fez-se justiça. Espero bem que a final de 30 de Maio não seja o último "Paço" de Ferreira no FCPorto. Que seja sim, só mais uma vitória de muitas que Jesualdo ainda nos tem para dar.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Rolando para o tetra.

Fiquem lá com o penalty. Se quiserem até o podem concretizar em golo e depois digam-me se a verdade desportiva ficou comprometida.

Neste domingo, de paciência, o FCPorto mostrou em Coimbra (0-3) que nem a pressão da vitória do Sporting em Guimarães, nem a desolação da derrota com o Manchester, nem o infortúnio de El Comandante, nos pára. Já só faltam sete jogos para a dobradinha. Venha ela.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

A taça da Paz e do dinheiro.

Já foi realizado o sorteio da fase de grupos da Peace Cup 2009. O FCPorto calhou no grupo D com o Lyon e o Fenerbahce, dois velhos conhecidos da Liga dos Campeões e de boas memórias. Pena que não possamos encontrar o Celtic na final do Estádio Olímpico de Sevilha. Deixamo-los nas meias-finais!
Última hora:

Benfica e Sporting declinaram o convite da organização para participarem no torneio. Ao que tudo indica já têm presença assegurada no Torneio do Guadiana, troféu sempre apetecível para aqueles clubes da segunda circular.

Segundo conseguimos apurar, os organizadores da Peace Cup ainda fizeram uma última tentativa, colocando à disposição dos dois clubes um autopullman, dada a proximidade geográfica dos estádios onde se vão realizar os torneios. Os dois clubes lisboetas explicaram, então, que a participação no torneio alentejano era, a par da Taça Hermínio Loureiro, a única possibilidade de conseguir um título importante na próxima temporada.