segunda-feira, 7 de Maio de 2012

CHORADEIRA BENFIQUISTA!

É por estas e por outras que que não ganham uma competição europeia há meio século. 

Já vai para quase dez anos que não compro um exemplar da Bola. O último foi quando esse jornal felicitou em manchete a vitória de Rui Costa pelo Milan na Supertaça Europeia em 2003, contra com o FCPorto. A partir daí, nunca mais. Agora é mesmo só para rir. E enquanto a Bola continuar com estas entrevistas encomendadas é muito bom sinal. 


Corrijo: Encomendar implicar solicitar um serviço a um terceiro. No caso da Bola não se pode dizer que é um terceiro em relação ao Benfica. São uma e a mesma me...coisa!

quarta-feira, 2 de Maio de 2012

EFEMÉRIDE BENFIQUISTA.



E não se arranjam umas fotos a cores? Só uma! 

Gostaria de felicitar os meus amigos benfiquistas por esta EFEMÉRIDE: o QUINQUAGÉSIMO aniversário da ÚLTIMA conquista europeia do Benfica.

Parece que na altura os postes eram quadrados e a regra do fora-de-jogo, uma regra elementar do futebol MODERNO, era uma miragem.

Muitos parabéns pelos CINQUENTA anos da ÚLTIMA conquista europeia do SLB.

PS: Gosto do pormenor do título da notícia: "precisamente MEIO SÉCULO".

PS2: Bem hajam por tantas ALEGRIAS que me têm proporcionado.



terça-feira, 10 de Abril de 2012

A classificação provisória de Carlos Daniel.

Logo após o Braga 0 - Porto 1, de Sábado de Páscoa, a RTP Informação de Carlos Daniel inovou e passou a qualificar a classificação de "Provisória". O apresentador de serviço reforçou a ideia e bateu sempre na tecla de que o Benfica estava a 4 pontos mas tinha menos um jogo. Ora, pensando um bocadinho chegamos à conclusão de que a classificação é sempre provisória desde a primeira jornada até à penúltima e tornando-se definitiva na última jornada, se tudo correr normalmente. Então porque é que havia tanta aflição com a referência à provisoriedade da classificação!? É que ainda por cima, à excepção do Sporting-Benfica, todos os outros jogos já tinham sido realizados e mesmo o que faltava não alteraria a posição dos 3 primeiros classificados. Será pelo desconforto do Benfica de Carlos Daniel estar, mesmo que provisoriamente, a 4 pontos do Porto? Será que esse desconforto já passou, agora que a provisoriedade se tornou efectividade? Se calhar não. Como Carlos Daniel é um jornalista da "Treta" com um dia chamou ao Tetracampeão, o desconforto já se deve ter transformado em azia!


quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

Não dá para perder normalmente!? - Parte II

São 5 horas. O Porto prepara-se para dar o pontapé de saída. O árbitro apita. Vou arrumar um dossier. Golo. Do City. 22 segundos. Desta vez foi Otamendi o destruidor de ilusões de serviço. 

Fod....se! Não dá para perder normalmente!? Parece que não. 

Mas parece que saímos de cabeça erguida. Como a selecção.

sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Não dá para perder normalmente!?

Tendo em conta a diferença de orçamento, de plantel e de capacidade competitiva, o Manchester City - o novo Chelsea, era claramente favorito na eliminatória. O que não quer dizer que o Porto, fazendo um bom resultado no Dragão não pudesse repetir o milagre de 2004 de empatar em Manchester e passasse aos oitavos de final da Liga Europa. Acontece que o bom resultado no Dragão não aconteceu. Pelo contrário. Aconteceu aquilo que costuma acontecer quando o Porto perde na Europa. Uma derrota espalhafatosa.

Se bem repararmos, quando perdemos, ou somos goleados (Arsenal), ou damos golos a marcar (Milan (Guarin), Manchester United (Bruno Alves), ou damos um franguinho (Chelsea/Helton), ou fazemos auto-golos (Álvaro/City). Ontem, o franguinho não apareceu. Pelo contrário, Helton safou-nos duas ou três vezes, mas o auto-golo lá apareceu de forma espectacularmente ridícula. É que, em bom rigor, o golo deveria ter sido invalidado, já que Álvaro Pereira desvia a bola intencionalmente com o braço. Seria penalty. E quando  há falta para penalty antes de a bola entrar, o golo não deve ser validado! Gostava de pelo menos uma vez ser eliminado da Europa com uma derrota normal. Será pedir muito?

PS: Já disse que Danilo não joga mais esta época?

sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

Nova espécie (ou talvez não): Calimeros Violentos!

Depois dos adeptos incendiarem o estádio do clube irmão da 2.ª circular, vem agora, 
oficialmente, o clube do croquete incentivar a violência.


Já não há calimeros como dantes! 


E eu a pensar que as imagens que retratam os títulos europeus do FCPorto nos acessos aos balneários do Dragão eram provocatórias! 


Os tripeiros são mesmo uns meninos do coro ao lado da Juve Leo e o do seu mentor Sr. Dr. Cristóvão!