sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Não dá para perder normalmente!?

Tendo em conta a diferença de orçamento, de plantel e de capacidade competitiva, o Manchester City - o novo Chelsea, era claramente favorito na eliminatória. O que não quer dizer que o Porto, fazendo um bom resultado no Dragão não pudesse repetir o milagre de 2004 de empatar em Manchester e passasse aos oitavos de final da Liga Europa. Acontece que o bom resultado no Dragão não aconteceu. Pelo contrário. Aconteceu aquilo que costuma acontecer quando o Porto perde na Europa. Uma derrota espalhafatosa.

Se bem repararmos, quando perdemos, ou somos goleados (Arsenal), ou damos golos a marcar (Milan (Guarin), Manchester United (Bruno Alves), ou damos um franguinho (Chelsea/Helton), ou fazemos auto-golos (Álvaro/City). Ontem, o franguinho não apareceu. Pelo contrário, Helton safou-nos duas ou três vezes, mas o auto-golo lá apareceu de forma espectacularmente ridícula. É que, em bom rigor, o golo deveria ter sido invalidado, já que Álvaro Pereira desvia a bola intencionalmente com o braço. Seria penalty. E quando  há falta para penalty antes de a bola entrar, o golo não deve ser validado! Gostava de pelo menos uma vez ser eliminado da Europa com uma derrota normal. Será pedir muito?

PS: Já disse que Danilo não joga mais esta época?

1 comentário:

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimo,

não acredito que haja um só portista feliz, hoje.
é verdade que o resultado peca por excesso - três golos sofridos nos quinze minutos finais e com menos um jogador em campo durante os noventa (Varela desde o início e até à sua substituição; Rolando pela inusitada expulsão).
mas ainda não me convenci desta eliminação ante uma equipa que considero estar ao nosso alcance - e com todas as vedetas que enriquecem o seu plantel e as £ibras que por lá se jorram.

por último e não menos importante, o meu sentido muito obrigado! à fantástica e entusiástica massa adepta deste enorme clube que é o FC Porto e que se fez sentir durante todo o encontro.
vocês foram inexcedíveis, car@go!

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)

Miguel | Tomo II